Damien Hirst cria arco-íris para apoiar a NHS na luta contra o novo coronavirus

0

Intitulado Butterfly Rainbow (2020), o trabalho mostra um arco-íris com cada faixa de cor cheia de asas de borboleta, um motivo comum na obra de Hirst

O artista britânico, um dos ganhadores do Turner Prize, criou uma nova obra de arte com uma aura de esperança para apoiar o Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido durante a pandemia de COVID-19. Intitulado Butterfly Rainbow (2020), o trabalho apresenta um arco-íris com cada faixa de cor cheia de asas de borboleta, um motivo comum na obra de Hirst. A imagem alegre pode ser baixada do site do artista e colocada nas janelas das pessoas como uma demonstração de agradecimento às equipes de saúde.

Hirst também está fazendo uma edição impressa limitada da obra para ser vendida. Todo o lucro das vendas será doado ao NHS. O artista anunciará informações adicionais sobre a impressão por meio de sua conta no Instagram. Ele também criou um coração em apoio ao Evening Standards, que está ajudando a alimentar os londrinos vulneráveis ​​durante esta crise.

View this post on Instagram

I’m in awe of the charity-workers and community groups across the country who are risking their lives and health to deliver food to the most vulnerable in this time of crisis. I wanted to pay tribute to them so I also made this heart using the colours of the rainbow, a symbol of solidarity and hope, to support the Evening Standard and The Independent’s campaign to raise money for these vital organisations. It’ll be printed in today’s Evening Standard so if you’re able to then pick up a copy and stick it up and show some love and hope in your window. I will also be releasing this one as a print, and the money will be going to support the hungry and those helping them; stay tuned for more info.

A post shared by Damien Hirst (@damienhirst) on

Damien Hirst disse: “Eu queria fazer algo para homenagear o maravilhoso trabalho que a equipe do NHS está fazendo em hospitais em todo o país. O arco-íris é um sinal de esperança e acho brilhante que pais e filhos estejam criando sua própria versão e colocando-a nas janelas de suas casas”.

Mas Hirst não é o único artista famoso cujo trabalho está sendo vendido para apoiar os esforços de socorro da COVID-19. Na semana passada, a Fundação Andy Warhol de Artes Visuais fez parceria com a casa de leilões Christie’s para vender uma seleção de fotografias do artista, em apoio às iniciativas da fundação para suporte aos artistas, em meio à pandemia.

Damien Hirst | DAMIEN HIRST "FOR THE LOVE OF GOD: THE DIAMOND ...

Desde o final dos anos 80, Hirst vem criando instalações, esculturas, pinturas e desenhos que exploram as complexas relações entre arte, beleza, religião, ciência, vida e morte. Através de trabalhos que incluem o icônico tubarão em formaldeído, “The Physical Impossibility of Death in the Mind of Someone Living” (1991), e “For the Love of God”(2007), um crânio cravejado por 8.601 diamantes, ele investiga e desafia os sistemas de crenças contemporâneos e disseca as incertezas no coração da experiência humana. Em abril de 2017, ele apresentou seu projeto mais complexo até o momento, “Treasures from the Wreck of the Unbelievable”, em dois espaços de museus em Veneza. Excepcional em escala, a obra examina idéias que envolvem verdade, autenticidade e como construímos crenças.

As obras do artista estão em coleções significativas, incluindo o Museu Britânico, o Museu Hirshhorn e o Jardim de Esculturas, o Museu de Arte Moderna de Nova York, Tate, o Museu Stedelijk, o Centro de Arte Britânica de Yale, The Broad Collection, o Victoria and Albert Museum, Museu Stedelijk, Fundação Prada e Museo Jumex, entre muitos outros.

Share.

Leave A Reply